O médico especializado em gastroenterologia é capaz de cuidar de doenças e distúrbios dos órgãos que fazem parte do trato gastrointestinal. Isto é, doenças do aparelho digestivo – que vai da boca ao ânus e diz respeito a órgãos e glândulas responsáveis pela digestão dos alimentos, absorção dos nutrientes e excreção do bolo fecal. 

Ao gastroenterologista (ou somente “gastro”, como são popularmente chamados esses especialistas) cabe realizar a detecção / diagnóstico dessas doenças por meio de exames laboratoriais, de imagem, avaliações físicas e análise de histórico do paciente e familiar. Após o diagnóstico, esse médico deve ser capaz de orientar o paciente sobre a necessidade de tratamento, que, muitas vezes, é feito somente com a adoção de melhores hábitos de alimentação e mudanças básicas no estilo de vida. 

QUANDO DEVO CONSULTAR UM GASTROENTEROLOGISTA?

Para a Federação Brasileira de Gastroenterologia (FBG), o gastroenterologista é responsável por tratar doenças nos órgãos relativos ao sistema digestivo: esôfago, estômago, fígado, pâncreas, vesícula biliar e ductos biliares, intestino delgado, cólon e reto. Por isso, é indicado que se consulte um gastro sempre que houver sintomas como: problemas de digestão, diarreia, enjoo, prisão de ventre, dores de estômago, cólicas intestinais, gases etc.

QUAIS AS PRINCIPAIS DOENÇAS TRATADAS PELO GASTRO?

As doenças mais comuns tratadas pelos gastroenterologistas são:

Doença do refluxo gastroesofágico: É uma doença causada pelo refluxo (“vazamento”) do ácido e/ou outros componentes presentes no estômago em direção ao esôfago. Quando ocorre esse refluxo, a pessoa pode apresentar sintomas como azia e queimação no tórax.

Gastrite e úlcera gástrica: A gastrite crônica é a inflamação da mucosa do estômago causada pela agressão repetida por agentes diversos, como a bactéria Helicobacter pylori (H. pylori) ou pelo uso de anti-inflamatórios. 

Síndrome do intestino irritável: A síndrome do intestino irritável (SII) é uma disfunção funcional do intestino provocado por uma inflamação das vilosidades intestinais. A síndrome do intestino irritável também causa distúrbio na mobilidade e nos estímulos intestinais, prejudicando as contrações e a digestão.

Doenças do fígado – Hepatite, esteatose hepática e cirrose: A esteatose hepática ou gordura no fígado é um exemplo de doença causada pelos maus hábitos, como sedentarismo e dieta rica em gordura, carnes vermelhas e alimentos processados e pobre em vegetais, cereais integrais e proteínas magras. 
As hepatites (A, B e C) são infecções mais comuns e podem ser agudas ou crônicas.

Já a cirrose é quando as lesões no fígado causam cicatrizes tão grandes que acabam causando a perda da função, podendo levar à falência total do órgão. 

Doença inflamatória intestinal: A Doença Inflamatória Intestinal (DII) é, na verdade, um grupo de doenças intestinais inflamatórias crônicas autoimunes. O termo reúne basicamente a Doença de Crohn e a colite ulcerativa. Essas doenças têm sido mais diagnosticadas nos últimos anos e podem ser causadas por fatores genéticos, modificação da microbiota e até o aumento da permeabilidade do intestino. 

Intolerância à lactose: A intolerância à lactose acontece quando o organismo produz pouca ou nenhuma lactase, a enzima responsável por quebrar o açúcar presente no leite e seus derivados. Sem esse processo, o organismo tem dificuldades em digerir o açúcar, fazendo com que o paciente tenha cólicas, gases e diarreia, entre outros sintomas.

Ao sentir qualquer desconforto, dor ou outro problema recorrente no sistema digestivo, é indicado buscar orientação de um gastroenterologista. Só ele é capaz de avaliar e solicitar exames para um diagnóstico certeiro e prescrever o tratamento adequado para cada caso. 

Na Gástrica Usuy, além de exames e tratamentos relacionados a doenças do trato digestivo, você encontra atendimento especializado para emagrecimento com balão intragástrico. Agende sua consulta!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *