Síndrome-do-intestino-irritável

A Síndrome do Intestino Irritável (SII) é uma disfunção funcional do intestino provocado por uma inflamação das vilosidades. Vilosidades – ou vilos – são estruturas epiteliais do intestino que aumentam a superfície de absorção do órgão, ou seja, qualquer alteração nessas estruturas pode prejudicar a absorção dos nutrientes. A SII também causa distúrbio na mobilidade e nos estímulos intestinais, prejudicando as contrações e a digestão.

Estima-se que cerca de 20% da população da Europa tenha SII. No Brasil, acredita-se que esse número fica em torno de 15%. Os sintomas costumam surgir na adolescência ou no início da idade adulta, raramente aparecem depois dos 50 anos.

Apesar das dores e desconfortos causados pela SII, ela não provoca anomalias anatômicas ou estruturais nem causa outras doenças gastrointestinais.

 

CAUSAS

Não há uma causa específica da Síndrome do Intestino Irritável, o que se sabe é que os sintomas estão ligados a uma sensibilidade maior, que pode ser provocada pela ingestão de determinados alimentos (como grãos, leite, gorduras e álcool) ou de alguns medicamentos, por alterações hormonais e até por estresse.

 

SINTOMAS

Os sinais clínicos mais comuns são:

– dor e distensão abdominal;

– desconforto após a refeição (que melhora após a evacuação);

– gases;

– períodos de diarreia alternando com de constipação;

alteração no formato e/ou presença de muco nas fezes.

 

DIAGNÓSTICO

Não existe um exame específico para determinar a SII, portanto, o diagnóstico é feito através do histórico do paciente e de avaliação clínica. Alguns exames – normalmente, de fezes, de sangue, endoscopia digestiva alta e colonoscopia – podem ser solicitados para descartar outras hipóteses.

 

PREVENÇÃO E TRATAMENTOS

Como o mecanismo e as causas da Síndrome ainda não são totalmente conhecidos, é importante “mapear” o que desencadeia as crises em cada pessoa, a fim de se evitar os agentes causadores.

O tratamento dos sintomas deve ser bastante personalizado, feito com medicamentos específicos para cada caso.

É muito importante que o paciente com Síndrome do Intestino Irritável mantenha uma alimentação equilibrada e evite situações de ansiedade e estresse; e que não se esqueça de que, mesmo com sintomas que causam desconforto e dor, a SII não é grave nem pode evoluir para outra doença.

 

Você se identificou com o esse relato sobre a Síndrome do Intestino Irritável? Buscar ajuda médica é importante para descartar possíveis complicações e conhecer o diagnóstico correto. Nunca substitui a consulta médica presencial e faça seu tratamento conforme as orientações individualizadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *