O balão intragástrico é um dispositivo auxiliar no tratamento de sobrepeso e obesidade. Trata-se de um procedimento minimamente invasivo que oferece resultados consistentes na perda de peso quando aliado a uma dieta saudável e equilibrada e à prática regular de exercícios físicos. É indicado para pessoas com IMC igual ou maior que 27.

BENEFÍCIOS DO BALÃO INTRAGÁSTRICO NO PROCESSO DE EMAGRECIMENTO

Os principais benefícios do balão intragástrico são:

  • É colocado e retirado por endoscopia, em ambulatório, sem necessidade de internação hospitalar;
  • É um procedimento não cirúrgico e utiliza técnica conservadora (o órgão se mantém intacto);
  • É um tratamento transitório e reversível, podendo ser interrompido a qualquer momento;
  • É repetível, ou seja, pode ser feito quantas vezes for necessário;
  • Promove, em média, a perda de 20% do peso total do paciente;
  • Apresenta baixíssimo risco de complicação;
  • Respeita as condições individuais de cada paciente.


TIPOS DE BALÃO INTRAGÁSTRICO

Há dois tipos mais comuns de balão gástrico com uso permitido no Brasil: ajustável (de seis meses ou um ano) e não ajustável (um ano). Ambos são esferas feitas do mesmo material (silicone) e inseridas na cavidade gástrica através de endoscopia. Após colocado no estômago, o balão intragástrico é preenchido com uma solução salina (soro fisiológico) e corante indicador (azul de metileno). Ao ser preenchido com soro, o balão intragástrico passa a ocupar parte do estômago, diminuindo a capacidade de ingestão de alimentos e, por consequência, diminuindo a quantidade de alimentos e de calorias ingeridas.

A grande diferença entre os balões não ajustável e ajustável, é que o primeiro pode ser preenchido uma única vez, no momento da colocação. Já o balão ajustável de um ano pode ter seu volume aumentado ou diminuído, conforme a necessidade.

QUAIS AS DIFERENÇAS ENTRE O BALÃO GÁSTRICO DE SEIS MESES E DE UM ANO?

As semelhanças quanto ao material, à colocação e à retirada dos dois tipos de balão intragástrico são muitas, além disso, o funcionamento de ambos também parte do mesmo princípio: reduzir a capacidade da cavidade gástrica.

Com os balões de seis meses, em geral, cerca de 80% de toda a perda de peso ocorre no primeiro trimestre, o segundo trimestre é utilizado principalmente para a manutenção do peso e para que o paciente se acostume com os novos hábitos.

O balão ajustável permite a readequação de volume, podendo ocupar mais ou menos espaço na cavidade gástrica, fazendo com que o emagrecimento se dê de forma mais constante por até doze meses. É possível realizar quantos ajustes forem necessários e retirar o balão mesmo antes de completar um ano de tratamento. Tudo varia de acordo com a resposta do paciente.

[Leia mais: 5 coisas que você deve saber antes de colocar um balão intragástrico]

COMO ESCOLHER O BALÃO INTRAGÁSTRICO?

Após a realização de consultas e de exames clínicos, o médico é capaz de indicar o tipo de balão mais adequado.

É importante escolher um especialista que valoriza a individualidade e que respeita as características de cada paciente desde a primeira consulta e durante todo o processo de emagrecimento, até a retirada do balão e consultas subsequentes, quando houver.

Todas as dúvidas a respeito do tratamento com balão intragástrico devem ser tratadas diretamente com a equipe médica.

BENEFÍCIOS DO BALÃO INTRAGÁSTRICO NO PROCESSO DE EMAGRECIMENTO

Os principais benefícios do balão intragástrico são:

  • É colocado e retirado por endoscopia, em ambulatório, sem necessidade de internação hospitalar;
  • É um procedimento não cirúrgico e utiliza técnica conservadora (o órgão se mantém intacto);
  • É um tratamento transitório e reversível, podendo ser interrompido a qualquer momento;
  • É repetível, ou seja, pode ser feito quantas vezes for necessário;
  • Promove, em média, a perda de até 20% do peso total do paciente;
  • Respeita as condições individuais de cada paciente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *