colonoscopia

A colonoscopia é um exame endoscópico que observa o revestimento interno do intestino grosso e da porção final do intestino delgado (íleo). A fim de investigar causas de determinados sintomas, avaliar lesões, diagnosticar monitorar doenças como diverticulose e doença de Crohn. O colonoscópio pode ser usado, também, para a retirada de pólipos ou para coletar tecidos enviados para biópsia ou outro exame histológico.

INDICAÇÕES DA COLONOSCOPIA

A colonoscopia é recomendada para investigar problemas no intestino grosso e reto, nos seguintes casos:

Triagem ou vigilância quanto ao câncer de cólon: A colonoscopia é o principal exame para rastreamento, prevenção e diagnóstico do câncer colorretal. Por meio desse exame, o médico verifica a presença de pólipos e monitora essas lesões a fim de diagnosticar precocemente o câncer colorretal.

Sangramento gastrointestinal baixo: Para pacientes com sangramento intestinal baixo, evacuação de sangue ou teste positivo para sangramento oculto, ou que apresentam anemias severas e deficiência de ferro, a colonoscopia é indicada para diagnóstico e/ou tratamento do sangramento pela própria colonoscopia.

Sintomas gastrointestinais baixos: A colonoscopia é indicada para pacientes com diarreia crônica significante sem uma razão evidente, assim como para pacientes com obstipação ou prisão de ventre crônica.

Doença Inflamatória Intestinal: Para pessoas com doenças inflamatórias como retocolite ulcerativa e doença de Crohn, a colonoscopia é indicada para diagnóstico como e para avaliação da resposta ao tratamento.

A colonoscopia também tem indicação terapêutica, podendo ser realizada para retirada de corpo estranho, descompressão e correção de volvo sigmoide (torção do intestino sobre seu próprio eixo), entre outras indicações.

PREPARO E PROCEDIMENTO

Para a realização da colonoscopia, é preciso que a região que será avaliada esteja limpa, ou seja, livre de resíduos alimentares. Por isso, o paciente deve realizar uma dieta específica e utilizar laxantes, conforme orientação médica, alguns dias antes.

O médico pode determinar, ainda, a suspensão de alguns medicamentos de uso contínuo, mas tudo depende da avaliação individual do paciente. A ingestão de bebidas alcoólicas ou de alimentos ou bebidas que contenham corante deve ser suspensa 24 horas antes do exame. No dia do exame, o paciente deve estar em jejum de oito horas de alimentos e de três horas de líquidos.

O procedimento é indolor, feito com o paciente será sedado. Durante o exame, o colonoscópio, um tubo fino e flexível com luz e câmera, transmite a imagem para um monitor enquanto faz a triagem toda área examinada. Dependendo do caso, o médico pode colher amostras de tecido para realização de biópsia (exame laboratorial que determina a presença de células cancerígenas).

É necessário estar acompanhado de alguém maior de 18 anos, que possa se responsabilizar pelo paciente, pois a sedação pode causar sonolência. Por isso, após o exame, não é indicado que o paciente dirija veículos, faça atividades de requeiram atenção nem que volte sozinho para casa.

A maioria das pessoas pode comer normalmente após a colonoscopia. Mas, geralmente, o médico faz algumas orientações sobre como deve ser a alimentação nas horas seguintes.

A colonoscopia é um procedimento seguro e que deve ser feito periodicamente após os 50 anos, conforme indicação médica. Em raros casos, pode haver dor intensa na barriga, rigidez abdominal, vômito, febre e sangramento do ânus após o procedimento. Esses episódios devem ser reportados imediatamente ao médico.

colonoscopia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *