O Verão chegou, e com ele os maiores inimigos da temporada: vômitos e diarreia. A época mais quente do ano é também o período em que as pessoas se descuidam da alimentação. E agora, o que comer quando tiver vômito ou diarreia?

Com as altas temperaturas, os alimentos entram em decomposição e são contaminados rapidamente por vírus ou bactérias, e podem causar: febre, dor no corpo, vômitos e diarreia aquosa. Mas as causas não param por aí; a má higiene, a utilização de banheiros impróprios e a ingestão de água contaminada também podem ser responsáveis pelo mal-estar.

Apesar de ser uma doença comum neste período é preciso ter atenção aos sintomas, já que o vômito e a diarreia podem levar à desidratação. Este é um quadro preocupante, e que deve ser controlado imediatamente.

Confira os alimentos que vão minimizar o desconforto e ajudar na sua recuperação.

Frutas podem, mas com moderação!

Com os sintomas de vômitos e diarreia, alimentar-se pode ser uma tarefa difícil. Por isso, as frutas podem ser uma ótima alternativa, para evitar grandes períodos em jejum.
No entanto, algumas frutas podem ter o efeito laxante, e consequentemente, piorar o quadro de diarreia. Portanto evite: mamão, figo, ameixa e abacate.
Em contrapartida, a maçã sem casca, goiaba, pera sem casca, limão, banana e pêssego auxiliam no controle do trânsito intestinal.
Os sucos também estão liberados, desde que sejam coados e consumidos em pequena quantidade ao longo do dia.

Alimentos de fácil digestão
Parar combater a diarreia aquosa, dê preferência aos alimentos leves, cozidos e que ajudam na desinflamação do intestino. Os alimentos com baixo teor de fibras e ricos em nutrientes são os mais indicados na recuperação, por isso insira no seu cardápio: arroz branco e legumes.
As carnes brancas, como frango e peixe sem pele, também estão liberadas para o consumo. Os alimentos que são excelentes fontes de proteínas e livres do excesso de gordura devem ser grelhados, assados ou cozidos.
Os biscoitos de água e sal, fubá, macarrão, amido de milho, torradas e até o pão francês estão na lista de alimentos permitidos na dieta temporária.

Sopas e caldos irão te ajudar!
As sopas e caldos podem ajudar nos quadros de diarreia, pois recuperam o equilíbrio das funções intestinais, além de auxiliarem na reposição de sais minerais e vitaminas perdidas nos episódios de diarreia aquosa e vômitos.
O prato deve ser preparado sem óleo e com pouco sal, e os ingredientes como legumes, arroz, frango e macarrão são ideais devido à sua rápida digestão.

Hidrate-se

É comum, nos quadros de diarreia ou vômitos darmos preferência para a ingestão de líquidos. O ideal é ingerir ao menos 2 litros de água ou soro reidratação oral , já que com o quadro infeccioso há uma perda de nutrientes que podem levar à desidratação.
Além disso, os chás de camomila, gengibre e de pêssego sem açúcar são ótimos aliados para hidratar o organismo. É importante ficar atento que, neste período é contraindicado o consumo de sucos industrializados, energéticos, bebidas gaseificadas e bebidas alcoólicas.

Alimentos que devem ser evitados:

Os famosos “fast-foods”, com alto teor de gordura estão no ranking dos alimentos que não são recomendados, nos casos de vômitos ou diarreia. Além disso, deve-se evitar o consumo de: embutidos, queijos amarelos, molhos picantes e condimentados, bebidas com cafeína, biscoitos recheados, chocolates e frutas com bagaço, pois podem estimular o trânsito intestinal, resultando na piora do mal-estar.

Lembre-se que, a alimentação de rotina deve ser introduzida aos poucos, até que o seu organismo seja restabelecido completamente. Qualquer abuso de alimentos e bebidas contraindicadas no tratamento dos episódios de vômitos e diarreias, podem desencadear novos sintomas gástricos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *